Conheça os 4 problemas bucais mais comuns na adolescência

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Cuidados com a Saúde Bucal

Conheça os 4 problemas bucais mais comuns na adolescência

por | 8 maio 2017 | Blog, Notícias

A adolescência é uma fase marcada por grandes transformações, tanto no desenvolvimento físico, quanto psicológico e emocional. Mas, se olharmos mais de perto, vemos que, na verdade, tudo muda, até mesmo o sorriso! É justamente por todas essas mudanças que os cuidados com a saúde bucal devem ser redobrados nesse período.

Os adolescentes se descuidem da prevenção e se preocupem mais com as questões estéticas, os problemas bucais que podem surgir nessa fase merecem atenção para que não evoluam e causem danos permanentes ao jovem. Afinal, nessa idade, a transição dentária está completa, com toda a dentição permanente desenvolvida.

Conheça os 4 problemas bucais mais comuns na adolescência e saiba como ajudar seus pacientes a garantirem um sorriso bonito e saudável em todos os momentos da vida.

1. Placa bacteriana

Chega a adolescência e com ela a dificuldade dos pais em se fazer ouvir pelos filhos. Já não dá mais para obrigar a moçada a fazer a higiene dental antes de deitar, mas é muito importante lembrá-los dos riscos que estão correndo ao deixar de lado esses hábitos saudáveis.

A falta de higiene bucal propicia o desenvolvimento de placas bacterianas que causam, por sua vez, a desmineralização do esmalte do dente, podendo evoluir para problemas bucais mais sérios como a gengivite: uma inflamação da região da gengiva, por exemplo.

2. Cáries

Em condições bucais favoráveis, os microrganismos presentes na placa bacteriana passam a fermentar açúcares para a produção de ácidos. Atingindo os tecidos dentais duros causando lesões, primeiro nas camadas externas do esmalte e, se não forem tratados, evoluem para as camadas internas, atingindo a dentina e a polpa.

O resultado é a possibilidade de perda dental associado à formação de abcessos.

É importante informar ao adolescente as formas de transmissão dessa doença: por meio do beijo e até mesmo por compartilhamento de objetos como talheres.

3. Periodontite

Entre os problemas bucais mais comuns na adolescência, a periodontite é um dos mais difíceis de identificar, já que seus sintomas são bem sutis, quase imperceptíveis na fase inicial.

Basicamente, a periodontite é uma inflamação e infecção da gengiva. Entre seus principais sintomas estão sangramentos, inchaço das gengivas e mobilidade dental.

A doença pode afetar o ligamento e ossos que dão suporte aos dentes, levando à perda dental, quando não tratada.

4. Mau hálito

O mau hálito pode ter causas diversas, como problemas estomacais, mas, quase sempre, a fonte do problema é bucal.

Pode ser uma consequência da má higiene, jejum prolongado, pouca salivação ou mesmo um processo de cicatrização na cavidade oral, mas, com certeza, é um dos problemas bucais que mais assustam os jovens.

Neste caso, é interessante apresentar as causas e apontar hábitos de higiene e de estilo de vida que podem minimizar ou até mesmo controlar o problema.
Problemas bucais: prevenir é melhor do que remediar

Falar sobre prevenção com adolescentes é, por vezes, uma tarefa complicada.

Muitos se preocupam somente com a questão estética e não se dão conta de que a prevenção é o melhor caminho para evitar os problemas bucais. Até porque, se algum problema dental não for tratado, futuramente a questão também será estética, visto que o dente pode escurecer, cair etc.

Por isso, separamos algumas dicas para que você possa ajudá-los a conquistar a conscientização e a beleza do sorriso e, claro, a sua saúde oral.
Estimule o adolescente a manter uma boa higiene bucal

Explique a importância de fazer a escovação completa pelo menos 3 vezes ao dia, não se esquecendo de incluir a limpeza da língua e do céu da boca nesse processo.
Aponte a importância do fio dental e enxaguante bucal

Explique que somente a escovação não é capaz de fazer uma higiene bucal completa, por isso, é muito importante o uso correto do fio dental e do enxaguante bucal para limpar a região em que a escova dental não alcança.
Conscientize sobre a importância das visitas regulares ao dentista

Por fim, é muito importante que o adolescente entenda que as consultas preventivas são fundamentais para a prevenção dos problemas bucais.

Por isso, é essencial que ele faça consultas regulares, pelo menos a cada 6 meses, para avaliação geral e para a limpeza.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Compartilhe com seus amigos